• Alexandre Tatsuya Iida

Os 5”S”s do Washoku|和食のサシスセソ

Atualizado: 12 de Dez de 2019


Este é um tema sugerido pelo Sushi-chô Tininho Katayama do Belmond Copacabana Palace. Também é um tema bastante abordado pela Mestre em Fermentados, a Marisa Tiemi Ono.

Se existem os 5Ss da organização de uma empresa, existem os 5Ss da Gastronomia. Os 5 Condimentos base da culinária japonesa. Ou seja, com esse condimentos, os bons Itamaes podem criar um universo de preparos e conservas.

SATOU 砂糖 - Açúcar SHIO 塩 - Sal SU 酢 - Vinagre SEIYU (SHOYU) 醬油 - Shoyu (Mi)SO (味)噌 - Missô

Uma observação é de que Sake e Mirin acabaram não entrando nos 5 por serem considerados bebidas alcoólicas, mas que tem um papel importantíssimo na culinária. Vamos ver um por um.

O SATOU (Açúcar) por ter o maior peso molecular entre todos os condimentos citados, todo mundo já sabe que se dissolve bem devagar. Experimente dissolvê-lo na água fria. Uma eternidade. Por isso, quando se tempera algo, começa colocando ele antes de tudo.

E você sabia que o Açúcar não serve só para adoçar, né? Aproveita a sua natureza hidrofílica para:

- Retardar a deterioração do Amido, - Extingue a coagulação térmica das Proteínas, - Prolonga a vida útil dos Ingredientes, - Doura os ingredientes e intensifica o aroma quando assado, - Deixa o ingrediente com o aspecto brilhoso e viscoso.

Ou seja, na gastronomia japonesa, o Açúcar é amplamente usada nas conservas TSUKUDANI e DENGAKU.

Em contrapartida, o SHIO (Sal) é muito mais solúvel que o Açúcar, portanto tempera-se com sal depois de adoçar. Por que? O Sal desidrata e expulsa a água de uma verdura. E se colocar o açúcar depois, o já não muito solúvel Açúcar acaba indo embora com a água. Por isso a ordem.

As propriedades do Sal são também benéficas:

- Equilibra o Acidez e o Doce ressaltando o ingrediente, - Desidrata as coisas, - É um antioxidante, - Esteriliza e tem efeito anti-séptico - Isola as Proteínas.

O Sal também é usado em abundância nas conservas TSUKEMONOS

O Shoyu e MISSÔ são produtos fermentados e são sensíveis ao calor. Portanto, coloca-se mais para o final do preparo do prato. Vide o Missoshiru, que espera-se ferver a água, coloca-se a Massa de Soja Fermentada, mistura e desliga o fogo.

O MISSÔ tem o papel de:

- Ação Bactericida - Anula Odores - Antioxidante - Ajuda na digestão

A pasta não é só para sopa, mas pode fazer peixes e legumes curtidos no Missô. Conserva de Alho afundado no Missô é um verdadeiro afrodisíaco.

As propriedades do SHOYU são:

- Efeito Bactericida - Doura e dá cor ao ingrediente (Teriyaki) - Controla o Umami e o Doce

Então, aqui temos os Marinados no Shoyu, o SHOYUZUKÊ de peixes, no Shôgayaki de Carnes, etc. Só não pode esquecer que o Shoyu tem bastante Sal.

Já o SU (Vinagre) então, deverá colocar no final do preparo ou momentos antes do consumo. Suas regras são:

- Amacia a Proteína - Bactericida - Anulam os Odores - Suaviza o Cálcio - Suaviza a Gordura e a Oleosidade

O Vinagre, como muitos Sushimen sabem, temperava o arroz para envolver e conservar os peixes. Além disso, usa-se para preparar conservas ácidas como os Senmaizukês, Sambaizukês, Namassu, Rakkyô e Picles. Há os Marinados de Peixes, como os de Cavalinha, que é o meu preferido.

Agora o SAKE também tem o papel de tirar o odor dos ingredientes, principalmente o cheiro de cru. A bebida também prepara bem a absorção dos outros condimentos nos ingredientes por causa da sua riqueza em Umami.

O MIRIN, rico também em Aminoácidos, Açúcar, baixo teor alcoólico, perde o efeito de tirar odores, mas dá um brilho nos pratos, porém adoça tudo.

#Shoyu #misso #Vinagre #Sal #Açúcar

31 visualizações
Logo.png
LOGO BRASIL.png

© Adega de Sake 2004. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total das informações