Torô em Kyoto|京都でトロ

8.11.2018

 

 O CIRCUITO DO SAKE passa sempre pelos destinos e paradas deliciosas da gastronomia japonesa. Agora imagina em Kyoto, o berço da culinária do Japão. Ainda mais no Mercado de Nishiki 錦市場 que atende varejo e atacado. 

 

Turistas como nós são bem vindos, diferente do mercado interno de Tsukiji, que só falta as pessoas que trabalham lá te atropelar com as empilhadeiras. 

 

O Mercado na verdade é um extenso corredor de lojas. É como se fosse a Rua Galvão Bueno no bairro da Liberdade em São Paulo, fosse toda coberta do começo até a Praça. 

 

 

E lá você encontra de tudo. Os belíssimos Tsukemonos que são as conservas típicas de Kyoto. Pescados, Soja preta e era tempo de Matsutake, que tem o valor de uma trufa. Então paramos em um que vende pacotinhos de sashimis de TORÔ com vários preços e pesos. E nada assustador. Claro que nós paramos para comprar. Tem dúvida disso?

 

 

Só que quando paguei por um pacote de Torô e Oshizushi de Unagui, o senhorzinho da loja me pergunta:

 

- Vai comer aonde?

- Ah, eu me viro. Como lá no cantinho ali, do outro lado.

 

Então o Omotenashi do japonês foi acionado:

 

- Não! Vocês vem pra cá. Come aqui na minha mesa.

 

Ficamos muito gratos com a hospitalidade do senhor, mas sei que é uma mesa de trabalho e não queríamos atrapalhar. Ele insistiu. Ok. Nunca devemos fazer duas desfeitas com o mesmo japonês. Fomos pedindo licença e ocupamos a mesa dele. A minha preocupação, era que o restante do grupo nos visse e quisesse entrar também. Uma coisa é chamar 2 pessoas para a visita e não a família toda.

 

 

Mas isso não aconteceu, exceto o Chef Carlos Bertolazzi que entrou e dane-se. Só que ele também havia comprado Uni e ainda pediu que cortasse vieiras. Então ficamos nós 3 dentro da cozinha do senhorzinho.

 

 

 

Enquanto ele preparava as vieiras, o Bertolazzi começou a gravar. Uma dica aos turistas no Japão. É de bom tom, sempre perguntar se podemos gravar. Vai que tem um segredo comercial ou uma técnica que o profissional não queira que divulgue. Além do mais, dentro da cozinha do cara. Então eu perguntei e ele disse para ficar à vontade.

 

 

Olha, foi bem surpreso, mas muito legal esta experiência. O Senhorzinho ainda me disse: 

 

- Faça a minha propaganda para os seus amigos do Brasil.

 

Então tá. Aqui está.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

ONGAESHI |恩返し

14.11.2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

16.05.2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook
Logo.png
LOGO BRASIL.png

© Adega de Sake 2004. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total das informações