NOMIARUKI 2019 Saga Edition

15.3.2019

Mais um ano que a Comitiva do Governo da Província de Saga, mais especificamente o Saga Prefectural Regional Industry Support Center que promove os produtos originários desta província mágica para a gastronomia. Saga representa 20% de toda a produção de Alga Nori, cultivada no Mar de Ariake. Região também é bastante famosa pelas cerâmicas Arita onde foi o primeiro local a herdar a arte da Coréia e desenvolveu por todo o Japão.

 

Agora falando em Sake, são 25 produtores de Sakes por toda a província, sendo praticamente o principal produto milenar da região, onde o governo incentiva a produção e o comércio da bebida por todo o Japão e para o exterior. Dessa forma, 2019 é o segundo ano em que 3 produtores de Sakes vieram participar do nosso evento, o NOMIARUKI promovido em conjunto com a Adega de Sake e a Aruki Importação comandada pelo Sergio Kenji Mizoguchi. Tem a parceria da ceramista Hideko Honma, Hotel Tivoli Mofarrej São Paulo, o restaurante Cutello que foi o palco do evento em São Paulo e o Naga Rio na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro.

 

Com passagem de 6 dias pelo Brasil, 4 em São Paulo e 2 no Rio, os renomados produtores Sr. Kensuke Shichida da TENZAN SHUZO, Sr. Sotaro Kinoshita da AMABUKI SHUZO, Sr. Kunihiro Mitsutake da MITSUTAKE SHUZO, Sr. Yasuhiro Kawahara que é um especialista e produtor de Chás, teve dupla função representando também os sake da KOIMARI SHUZO, junto com a modelo Thaís Kawabe.

 

 

 

O evento em SP contou com a fantástica cooperação do restaurante CUTELLO chefiado pelo Chef Rafa Leão que nos proporcionou belíssimos petiscos que circularam em toda a duração do evento. Isso sem falar na generosa mesa de frios que combinavam extraordinariamente com os Sakes.

 

Todos os participantes puderam degustar os 11 rótulos de belíssimos sakes semi artesanais, um diferente do outro e ainda puderam comprar um pequeno estoque que deixamos para o público. E para que todos pudessem degustar como em um evento no Japão, na entrada ganharam o Kiki Choko, o copo de degustação oficial de Sake, personalizado com o nome do evento e da Adega de Sake.

 

Tanto os produtores quanto ao público, mostraram se bastante satisfeitos e muito animados. O Corpo Consular marcou a presença em peso, sem esquecer que assessores da Embaixada do Japão também estiveram apreciando sakes diferentes do sul do Japão.

 

Apesar da agenda bem apertada, nossos convidados japoneses não deixavam a petaca cair, mantendo o mesmo rítmo mesmo no dia seguinte, quando o Sr. Yasuhiro Kawahara, da Industria de CHÁ KAWAHARA na cidade de Ureshino, sul de Saga que fez uma brilhante apresentação sobre a bebida mais consumida no Japão. Teve a fundamental parceria de Swan Yuki Hamasaki da Obaatian - O Chá da Vovó que traduziu a explicação do ilustre convidado. A apresentação lotou os 100 lugares da sala da Japan House São Paulo.

 

Ainda mantendo a correria, no dia seguinte foi a vez de apresentarmos os Sakes no Rio de Janeiro. Costurando o tempo com um pouco de turismo e refeições, à tarde já rumavamos para a Barra da Tijuca, no Village Mall. No último piso, acomoda o Naga Rio com o serviço capitaneado pela Kikisake-shi Sra. Yasmin Yonashiro e o gerente Felipe Ishihama que também se especializou no WSET Sake L1.

 

No Rio, o evento teve outro formato com todos os 40 convidados seletos sentados confortavelmente nas mesas e todo o serviço dos saborosos pratos chegavam na sua frente. Uma breve apresentação dos rótulos e os produtores, todos puderam tirar dúvidas diretamente com os fabricantes.

 

E tiramos uma belíssima e satisfatória lição. É óbvio que todos os produtores de sakes e qualquer bebida tem como princípios, proporcionar bebidas diferenciadas. Para isso investem em treinamento, técnica e tecnologia. Só que no final, todos eles, junto aos profissionais que trabalham com Sakes, não há satisfação maior de ver cada um que degusta a bebida, sorrindo, se divertindo, olhando para a cara do outro, com o celular distante.

 

Acho que este seria o nosso principal objetivo. Que todos possam apreciar um inesquecível momento com uma taça de bebida nas mãos.

 

 

(De cima para baixo, da esq. para dir., Sr. Kensuke Shichida da Tenzan Shuzo, Sr. Sotaro Kinoshita da Amabuki Shuzo, Sr. Kunihiro Mitsutake da Mitsutake Shuzo, Srs Yasuhiro Kawahara e Thaís Kawabe representando a Koimari Shuzo)

 

 

(O legal do evento é a proximidade entre o público e os produtores (normalmente é difícil conseguir 15 minutos com eles, mesmo em uma reunião). Ser servido por eles é uma honra.)

 

 

(Presença em massa dos profissionais da gastronomia no Brasil para apreciar um bom saquê e fazer perguntas extremamente técnicas. A bartender Suemi Uemura com o chef Daniel Hirata, Keiji Mitsunari (sake expert e dono do Izakaya Hyotan, Curitiba), chef Fernando Kuroda com a Ligia Karazawa e o sake expert Diogo Bucci, chefs Tsuyoshi Murakami, Telma Shiraishi (Aizome) e Carlos Bertolazzi (Fábrica de Casamento, SBT, e restaurante Zena Caffé).

 

 

(A melhor imagem que podemos observar: a satisfação do público, divertindo-se, sem formalidades, sem protocolos e posturas burocráticas.)

 

 

(Parte dos sake experts formado no curso da JSA Japan Sake Association, não perderam a oportunidade de estudar o saquê na prática e na presença dos produtores que vieram especialmente para este evento.)

 

 

(Paredão da comitiva de Saga, a Yasmin Yonashiro, Sergio Mizoguchi da Aruki Importações e eu, este colunista que vos escreve. Felipe Ishihama com olhos atento em cada detalhes. Vista dos 40 seletos convidados que degustaram 11 saquês do sul do Japão.)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

ONGAESHI |恩返し

14.11.2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

16.05.2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook
Logo.png
LOGO BRASIL.png

© Adega de Sake 2004. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total das informações